Lamego Diagnósticos alerta a população sobre a importância da vacinação contra a influenza

No dia 5 de junho, termina a campanha de vacinação contra a influenza em todo o País. Conforme informações do Ministério da Saúde, estudos demonstram que a vacinação pode reduzir entre 32% a 45% o número de hospitalizações por pneumonias, de 39% a 75% a mortalidade global e em, aproximadamente, 50% nas doenças relacionadas à influenza.

Dividida em três fases, a campanha segue até o dia 5 de junho e tem como objetivo auxiliar os profissionais de saúde a descartarem a influenza na triagem de casos para o novo Covid-19, acelerando o diagnóstico e minimizando o impacto nos serviços de saúde. A meta é imunizar 90% do público prioritário da campanha, composto por aproximadamente sete milhões de pessoas em Minas Gerais.

A terceira fase da campanha teve início no dia 11 de maio e será dividida em duas etapas. A primeira, ocorre no período de 11 a 17 de maio, com foco nas pessoas com deficiência; crianças de seis meses a menores de seis anos; gestantes; mães no pós-parto até 45 dias. A segunda etapa ocorre entre 18 de maio a 5 de junho e estão incluídos os professores das escolas públicas e privadas e os adultos de 55 a 59 anos de idade.

O público da campanha também está maior neste ano, abarcando os adultos de 55 a 59 anos, que não recebiam a vacina nos anos anteriores.

Vacina contra o Covid-19

A agência de notícias France Presse publicou, no dia 24 de abril, os testes do laboratório chinês Sinovac Biotech com a vacina experimental contra o novo coronavírus, que apresentou resultados promissores em um grupo de macacos.

O diretor do Centro de Controle e Prevenção de Doenças da China, Gao Fu, afirmou que o país poderia ter uma vacina contra o novo coronavírus, a ser destinada aos funcionários do setor de saúde, ainda em neste ano.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), há 22 testes com a vacina contra o coronavírus. Inclusive, pesquisadores brasileiros estão trabalhando com as possibilidades não somente da vacinação quanto da cura da doença.

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig)  tem investido em ações voltadas ao enfrentamento e mitigação de danos provocados pela Covid-19, inclusive com recursos financeiros adicionais ao Centro de Tecnologia de Vacinas (CT-Vacinas), do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Vacinas (INCT-V). Normalmente, o processo demora de um ano a um ano e meio, mesmo em tempos de urgências, como o atual, mas já um começo de esperança para a mudança que todos os seres humanos querem ver no mundo neste momento.

Lamego Diagnósticos: (31) 99417-0289 – (31) 3384-6655 – contato@lamego.com.br – Rua Joaquim Figueiredo, 128, Barreiro, Belo Horizonte, MG.

Compartilhe nosso conteúdo nas redes:

Deixe o seu comentário:

Fale conosco

Marque seu exame, tire dúvidas ou mande sugestões.

  • (31) 99417-0289 / (31) 3384-6655​
  • contato@lamego.com.br
  • Seg - Sex: 7h30 às 18h / Sáb: 8h às 12h
  • Rua Joaquim Figueiredo, 128. Barreiro, Belo Horizonte.

Siga nossas redes